fbpx
Pular para o conteúdo
10 benefícios

Hiperconvergência: 10 Benefícios na prática

Em nossos posts anteriores, temos falado bastante sobre Hiperconvergência e porque as empresas têm investido nessa tecnologia para agregar mais competitividade e resiliência ao negócio. Agora, vamos apresentar 10 benefícios dessa tecnologia na prática, e como as empresas que adotaram a solução podem perceber os seus resultados:

1. Gestão de custos

Com a Hiperconvergência, é possível cortar custos usando hardware de servidor baseado em padrões como base para seus sistemas de armazenamento. As empresas podem reduzir custos de aquisição e despesas contínuas de manutenção, e como resultado, há uma queda geral nos gastos de capital (CapEx) e nas despesas operacionais (OpEx).


2. Eficiência operacional

Os ambientes de hiperconvergência são projetados para serem automatizados desde o início. Por exemplo: ao invés de realizar as mesmas tarefas de provisionamento de armazenamento várias vezes, é possível definir políticas e permitir que o software faça o trabalho para o administrador. Quaisquer ajustes necessários podem ser feitos ao longo do tempo e as empresas também podem integrar ferramentas que já eram utilizadas antes de se adotar a HCI.


3. Resposta dinâmica

Em um ambiente centrado em hardware, quaisquer mudanças podem trazer muito trabalho para a equipe de TI. Essa é uma realidade bem diferente para os ambientes HCI, que são projetados para fornecer agilidade. A alteração da política de aplicativos e infraestrutura responde de forma transparente e automática, oferecendo níveis de serviço mais confiáveis e economizando tempo e recursos.


4. Precisão e granularidade

Em ambientes de armazenamento convencionais e centrados em hardware, o excesso de provisão é a norma. Os administradores configuram pools estáticos de recursos de armazenamento de acordo com seus melhores palpites sobre a necessidade de aplicativos, o que leva a um grande desperdício de capacidade. Em um ambiente hiperconvergente, os serviços de armazenamento são consumidos quando são necessários, por isso há pouco ou nenhum desperdício.

Os aplicativos recebem apenas o desempenho, capacidade e proteção que precisam e o excesso de provisão se torna uma lembrança do passado, pois as aproximações grosseiras dão lugar a ajustes finos.


5. Segurança nativa

Com notícias cada vez mais frequentes de falhas de segurança desastrosas para as empresas, a proteção contra ataques se tornou um requisito fundamental para os CIOs. A evolução para um data center moderno construído sobre arquiteturas HCI traz criptografia nativa que se alinha com outros benefícios da solução, como flexibilidade, redução de custos e gerenciamento simplificado.


6. Dimensionamento elástico

É possível dimensionar de forma elástica e sem interrupções com hiperconvergência. Os administradores podem optar por escalar de forma elástica e sem interrupções, aproveitando os servidores x86 para armazenamento, ou pela ampliação da capacidade e desempenho independentemente apenas adicionando novas unidades à camada de cache ou à camada de capacidade.

Esse modelo de crescimento fornece dimensionamento linear e granular de forma acessível, para que as empresas comprem apenas o que precisam e dividam os investimentos ao longo do tempo.


7. Preparo para aplicações futuras

Os aplicativos mais modernos são muito mais dinâmicos em seus requisitos de recursos do que aplicativos corporativos tradicionais. A crescente popularidade de contêineres e aplicações em nuvem está colocando novas demandas em sua infraestrutura de TI, como por exemplo o fácil gerenciamento, monitoramento e manutenção.

As infraestruturas atuais devem estar prontas para fazer ajustes automáticos para atender às necessidades de mudança dos aplicativos. A Hiperconvergência permite isso.


8. Desempenho consistente

A TI atual deve se certificar de que qualquer aplicativo possa ser executado com confiança, desde os críticos para os negócios até os nativos da nuvem que possam ser implementados futuramente. É preciso escalar sabendo que o desempenho não será comprometido, e que haverá mais economia. Com a Hiperconvergência, é possível utilizar recursos de eficiência de espaço com impacto mínimo na CPU e sobrecarga de memória.


9. Disponibilidade

Para a maioria das empresas, qualquer tempo imprevisto de inatividade pode gerar custos desastrosos e problemas com clientes. Com a Hiperconvergência, é possível habilitar os níveis máximos de proteção de dados com tolerância a falha incorporada, replicação assíncrona de longa distância e clusters esticados. Dessa forma, o time de TI pode ficar mais tranquilo sabendo que, mesmo em casos imprevistos, o impacto no ambiente será bem menor.


10. Direcionamento à nuvem híbrida

A Hiperconvergência, com sua arquitetura modular, é o bloco fundamental de construção em direção à nuvem híbrida. E para as empresas que desejam se mover em direção ao SDDC, o fornecedor HCI fornecerá um caminho para fazê-lo com recursos adicionais de rede e gerenciamento avançado, permitindo que os mesmos serviços de gerenciamento de dados em ambientes físicos, virtuais e em nuvem.


Como a Integratto ajudou o CEBROM com Hiperconvergência



A clínica CEBROM, especializada em oncologia, é referência desta especialidade em Goiás. Recentemente passou por um acelerado crescimento institucional, que demandou a expansão de sua infraestrutura de TI. A empresa também tinha o objetivo de integrar todas as suas três unidades e garantir produtividade, segurança e mais gerenciamento, com sistemas e bases de dados centralizados. 

A Hiperconvergência foi uma das tecnologias que a Integratto implantou no CEBROM através do VxRail, solução de HCI da DELL. Além disso, utilizamos firewall de última geração da Fortinet, switches da DELL, virtualização de desktop, Arcserve UDP e um servidor, com o objetivo de fortalecer todo o ambiente e melhorar a comunicação entre matriz e filiais.

Através de uma combinação entre Hiperconvergência e essas outras tecnologias, o cliente passou a contar com uma estrutura nova e alta capacidade de armazenamento, processamento e rede, se preocupando menos com hardware e infraestrutura, e passando a dar mais atenção aos processos do negócio. A superfície de ataque diminuiu drasticamente, agregando mais segurança aos serviços prestados aos usuários internos e clientes. Foi perceptível também a maior escalabilidade do ambiente e a possibilidade de fazer alterações sem grandes impactos na rotina da empresa. Confira esse case completo e mais histórias de clientes aqui.

Compartilhe esse Post

Compartilhamento de Arquivos: as principais soluções do mercado

O armazenamento e compartilhamento de arquivos sempre foi uma preocupação das empresas, devido a aspectos como confidencialidade, rastreamento e controle de acesso e edição. No contexto da pandemia e home office, essa preocupação se tornou ainda maior, com funcionários trabalhando remotamente e muitas vezes impossibilitados de acessar arquivos essenciais para o seu trabalho a longa distância, fazendo com que muitas empresas tivessem que adotar soluções de armazenamento e compartilhamento online de última hora e sem tempo para analisar qual a mais adequada para o seu negócio.

Preencha com seus dados para acessar a ferramenta: