Businessman holding red dart push on target. Business strategy planning success target goals. Business development concept

RTO e RPO: A importância para continuidade de negócios

Atualmente, são raras empresas que não tenham uma estrutura de tecnologia. A grande maioria das organizações que estão competitivas no mercado possuem um conglomerado de informações que são essenciais para a fluidez do ciclo de negócios.

Por exemplo, uma empresa que funciona como uma grande incorporadora de loteamentos não pode ficar sem informações dos clientes, das parcelas a receber, das características dos lotes vendidos e a vender, pois estes dados são necessários para se ter um controle de toda sua clientela, bem como também declarar esses imóveis no imposto de renda. Conforme a empresa cresça e adquira mais empreendimentos, mais o fluxo de informação vai crescer, tornando-a cada vez mais dependente das informações, tanto quanto do software ERP e do banco de dados – que são os que gerenciam essas informações de forma estruturada. Além disso, leis que protegem a informação de dados pessoais dos clientes estão vindo com toda força fazendo com que as empresas lidem melhor com as informações que são processadas diariamente. No Brasil, a LGPD é o principal exemplo de lei desse tipo.

Então, o que acontece se houver uma parada no Data Center? E se o ERP (Enterprise Resource Planning – Sistema integrado de gestão empresarial) parar? O que representa de prejuízo de faturamento para uma empresa que tem o seu sistema interrompido?

O RTO (Recovery Time Object) e RPO (Recovery Point Object) contribuem com o planejamento das empresas em momentos de urgência, como paradas operacionais que deixam desde a equipe de tecnologia aos acionistas em estado de alerta. O RTO representa uma quantidade de tempo para que as operações da empresa retornem a operar em caso de desastre, após uma parada. Já o RPO representa um percentual do conjunto de informações que é tolerável perder em caso de desastre.

Fonte: Arcserve

Essas siglas referem-se a um planejamento que as empresas devem seguir estritamente quando acontece alguma parada. Uma analogia possível é a saída de emergência quando um prédio pega fogo, na qual se deve seguir uma série de procedimentos a tempo de salvar todas as vidas e conter o fogo o quanto antes para reduzir os danos. Exemplos não faltam nas pautas de notícias ao redor do mundo e no Brasil como instituições públicas e também privadas – vide por exemplo o caso do STJ que teve ataque de ransonware / hacker.

O RTO e o RPO estabelecem um começo de um plano de continuidade de negócios que devem possuir índices de tempo e quantidade de informações bem dimensionados. Com os planos bem definidos, a empresa em conjunto com a TI devem escolher a ferramenta certa para cumprir os processos de negócio – garantindo o tempo certo para recuperação das informações cruciais e a restauração das informações mais importantes – para que o negócio das empresas não seja interrompido.

A Integratto trabalha com proteção de dados e continuidade de negócios e é uma das principais parceiras da Arcserve – empresa americana mundialmente conhecida pelo software de backup Arcserve UDP (Unified Data Protection). Temos diversos cases de empresas no Estado de Goiás que trabalham com a ferramenta e possuem um bom plano de backup elaborado por nós. Confira a nossa página sobre Continuidade de Negócio para saber mais sobre as soluções que ajudam as empresas a combater a perda de dados e parada na operação.

Autor: José Teles Andrade – Executivo de Contas da Integratto

Leia a seguir:

Banco de dados: Como surgiram e o que podemos esperar para o futuro

Saiba qual solução Arcserve é a mais adequada para a sua empresa

Você sabe o que é a LGPD?

Compartilhe esse Post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Como ser um gestor de TI inovador?

A inovação pode ser um grande diferencial competitivo e os gestores da área de TI têm papel de destaque nesse processo, que deve estar sempre